Pneus para Carro / Van / LT e SUV

stage_image

Sala de Imprensa

4 avarias comuns nos pneus de carga. A Continental explica como evitá-las

21/02/2019
conti

4 avarias comuns nos pneus de carga. A Continental explica como evitá-las

• Rodagem com baixa pressão e sobrecarga estão entre as principais causas de avarias
• É importante inspecionar periodicamente os pneus para evitar danos que possam inutilizá-los


São Paulo, 21 de fevereiro de 2019 – Picotamento na banda de rodagem, danos no talão, desgastes nos ombros e bolhas são algumas das avarias mais comuns resultantes do uso dos pneus de carga.

Responsáveis por uma expressiva parcela dos custos das frotas, os pneus nem sempre recebem a atenção devida e essa falta de cuidado pode reduzir em muito a sua vida útil, interferir negativamente na performance geral do veículo e até mesmo colocar em xeque a segurança do motorista e de todos ao seu redor.


“Recomendamos que os pneus sejam sempre monitorados de perto. Para isso, cada um deve receber um número único para identificação (marcação a fogo) e ter seu histórico registrado. É importante contabilizar os gastos com aquisição, reparações e reformas, além de medir a quilometragem atingida em cada vida para calcular seu CpK (custo por quilômetro)”, explica Rafael Astolfi, gerente de assistência técnica da Continental, maior fabricante de pneus da Alemanha e integrante de um dos maiores grupos sistemistas do mundo.


Quando o veículo retorna ao pátio, é fundamental inspecionar os pneus para evitar danos que possam vir a inutilizá-lo. Confira abaixo como evitar quatro danos que são muito comuns:


• Picotamento na banda de rodagem – normalmente causado pelo excesso de pressão, falha na escolha do desenho ideal da banda e rodagem em estradas não pavimentadas. A pressão dos pneus deve ser sempre ajustada levando em consideração a carga a ser transportada e o modelo escolhido ser o mais apropriado para a aplicação à qual se destina;


• Danos no talão – sobrecarga, superaquecimento, mal assentamento dos talões no aro por falta de limpeza, lubrificação incorreta na montagem e baixa pressão são as causas mais comuns dos danos identificados no talão, ponto que mais inviabiliza a reforma dos pneus seguido danos nas cintas metálicas. É importante que o motorista evite rodar com baixa pressão ou sobrecarga nos pneus. Outro ponto de atenção: lubrificantes de baixa qualidade (como vaselinas ou géis) podem atacar a borracha ou não proporcionar um assentamento correto dos talões;


• Desgastes nos ombros da banda de rodagem – são consequência da rodagem com baixa pressão ou com excesso de carga. Por isso, recomenda-se calibrar os pneus seguindo as indicações do fabricante e atentar para profundidade de sulco dos pneus. Quando os sulcos atingirem a profundidade de 3,0mm, o pneu deve ser enviado para recapagem ou substituído, dependendo das condições de sua carcaça;


• Separação de lonas – podem ser causadas por arrastos, pelo aquecimento excessivo dos pneus por insuficiência de pressão somada à rodagem em velocidades elevadas e constantes por um longo período; ou ainda pelo emprego de pneus inadequados para a aplicação. É importante atentar para a escolha do modelo mais eficiente para a aplicação à qual ele se destina e conferir periodicamente a calibragem dos pneus.


Para mais informações sobre a linha de pneus de carga da Continental Pneus acesse www.conti.com.br/truck
 

Continental desenvolve tecnologias pioneiras e serviços para mobilidade sustentável e conectada de pessoas e seus bens. Fundada em 1871, a empresa de tecnologia oferece soluções seguras, eficientes, inteligentes e acessíveis para veículos, máquinas, tráfego e transporte. Em 2017, a Continental gerou vendas preliminares de cerca de € 44 bilhões e atualmente emprega mais de 243.000 pessoas em 60 países.


Divisão de Pneus tem atualmente mais de 24 locais de produção e desenvolvimento em todo o mundo. A vasta gama de produtos e os investimentos contínuos em P&D contribuem de forma significativa para uma mobilidade rentável e ecologicamente eficiente. Como um dos principais fabricantes de pneus do mundo, com cerca de 52.000 funcionários, a Divisão de Pneus registrou vendas de € 10,7 bilhões em 2016.


A divisão de Pneus para Veículos Comerciais da Continental é uma das maiores fabricantes de pneus para caminhões, ônibus e pneus comerciais em todo o mundo. Essa unidade de negócios está continuamente se desenvolvendo de um simples fabricante de pneus para um provedor de soluções, oferecendo uma ampla gama de produtos, serviços e soluções relacionadas aos pneus.

Contato
Karen Kornilovicz

MLP Assessoria de Imprensa

Rua Vicente Félix, 65 – cj. 41

01410-020 – São Paulo - SP

(11) 3064-8066

(11) 3064-6361

Contato
Antoniela Silva

Imprensa e Relações Públicas

Continental do Brasil Produtos Automotivos

Rua Hilda del Nero Bisquolo, 102 - Jd Flórida

CEP 13208-703, Jundiaí - SP / Brasil

Utilizamos cookies para assegurar que lhe proporcionamos a melhor experiência no nosso site. Clique aqui para saber mais ou para alterar as suas definições de cookies.