Pneus de tecnologia Alem√£

Extreme E  - Rali Continental

RALLY EL√ČTRICO NA AMAZ√ĒNIA E NO √ĀRTICO? CONHE√áA O EXTREME E COM O ACELERADOS

O canal Acelerados, parceiro da Continental Pneus, explica sobre o maior evento de corridas off-road que levar√° SUVs esportivos totalmente el√©tricos para locais remotos! Acompanhe abaixo o que vem por aiūüėČūüŹĀūüöôūüĒĆ

Iniciar
#ExtremeE | Acelerados | Ep. 1: Apresentação (montagem de imagem veículo na terra e pilotos e rostos de piloto))
 

#ExtremeE | Acelerados | Episódio 1: Apresentação

Bate papo Acelerados

Cassio: √© uma odiss√©ia el√©trica que ter√° Lewis Hamilton e Nico Rosberg como chefes de equipe! √Č uma disputa off-road com carimbo da FIA e que colocar√° frente a frente pilotos do calibre de Jenson Button, Sebastien Loeb, Laia Sanz e Carlos Sainz! Um campeonato onde SUVs el√©tricos monstruosos de 540 cv encaram corridas em cinco dos lugares mais extremos do planeta!

Gerson: √© isso a√≠, meus amigos. Estamos falando do Extreme E, um in√©dito e insano campeonato de rally el√©trico que faz a sua estreia agora em 2021 e promete ser um dos acontecimentos mais legais do automobilismo em muito tempo. E o melhor de tudo: a Continental Pneus, nossa parceira de longa data, √© patrocinadora fundadora do extreme e, o que significa que o Acelerados estar√° in loco na etapa brasileira da competi√ß√£o, realizada em plena floresta amaz√īnica. Ent√£o se ajeita a√≠ na cadeira, j√° senta o dedo no like e compartilha com os amigos, porque nesse tudo sobre um pouquinho diferente voc√™ vai conferir todos os detalhes dessa competi√ß√£o. Solta a vinheta, edi√ß√£o!

Cassio: come√ßamos com o calend√°rio... os locais das corridas do extreme e 2021 foram escolhidos a dedo e t√™m duas caracter√≠sticas em comum: s√£o lugares in√≥spitos e que, de alguma maneira, s√£o afetados por quest√Ķes clim√°ticas e ambientais. Cada uma das cinco etapas representa um cen√°rio diferente: Deserto, Oceano, √Ārtico, Amaz√īnia e Glacial. O campeonato come√ßa em 3 de abril no X Prix Deserto, em Al Ula, na √Ārabia Saudita, e termina em 12 de dezembro, na Terra do Fogo, Argentina.

Gerson: destaque pra duas etapas aqui: primeiro, o X Prix √Ārtico que rola na Gro√™nlandia, mais precisamente em um vilarejo que nas √©pocas mais frias do ano j√° registrou temperaturas de 47 graus negativos. Segundo: o X Prix Amaz√īnia que acontece em outubro l√° em Santar√©m, no Par√°. E como um dos objetivos do extreme e √© chamar a aten√ß√£o mundial pra problemas clim√°ticos, parte da corrida ser√° em uma √°rea bastante afetada pelas queimadas e pelo desmatamento.

Cassio: outra curiosidade bem legal do Extreme E √© o uso do navio Santa Helena como quartel-general e paddock da categoria. Comprada em 2018 da ilha de mesmo nome, a embarca√ß√£o foi totalmente remodelada para garantir que as suas emiss√Ķes de poluentes fossem as mais baixas poss√≠veis. Al√©m de transportar os carros e as equipes, ele conta, por exemplo, com um laborat√≥rio para pesquisas oce√Ęnicas.

Gerson: isso deixa claro que legado ambiental é o principal objetivo do Extreme E: junto com as suas parceiras fundadoras, como a Continental, a organização promete iniciativas de preservação e conscientização com a comunidade local de cada etapa.

Gerson: agora vamos falar daquilo que, pra mim, é o grande destaque do campeonato: as equipes. São 9 times compostos sempre por uma mulher e um homem. E aí que vem o mais legal: cada corrida, sejam as classificatórias no sábado ou as finais no domingo, tem duas voltas. Quem pilota na volta 1 fica de co-piloto na volta 2 e vice-versa. Ou seja, pra ser campeão do Extreme-E a dupla tem que ser bem equilibrada e estar bastante entrosada. Quer destacar algum time aí, Cassio?

Cassio: sem d√ļvida o maior destaque √© a estreia de Lewis Hamilton como chefe de equipe. A X44 vem com uma dupla fort√≠ssima: Sebastien Loeb, o maior vencedor da hist√≥ria do mundial de rali, com 9 t√≠tulos, e Cristina Gutierrez, segunda mulher na hist√≥ria a ganhar um est√°gio no Rali Dakar. Outros que v√£o se aventurar de chefes de equipe ser√£o Nico Rosberg e Jenson Button ‚Äď Button ali√°s vai ser patr√£o e piloto ao lado da Mikaela Ahlin-Kottulinsky, sueca que √© embaixadora da Continental e tamb√©m pilota de testes da marca e voc√™s nos bastidores, acham que quem vem forte?

Cassio: calendário e equipes devidamente destrinchados, bora falar sobre o carro. Batizado de Odyssey 21, o SUV elétrico é fabricado pela mesma empresa que faz os carros da Fórmula E, enquanto as baterias vem da Williams. Como o papo é sustentabilidade, o carregamento será feito através de um gerador de célula de hidrogênio transportável que não polui e só libera água como subproduto.

Gerson: pensado para aguentar o tranco nas mais diferentes e extremas condi√ß√Ķes, a estrutura tubular √© feita de a√ßo e refor√ßada com ni√≥bio. E o melhor: com 540 cv, 93 quilos de torque e 1.650 kg, o Odyssey 21 √© capaz de acelerar at√© os 100 km/h em apenas quatro segundos e meio. O carro tamb√©m ter√° o bot√£o Hyperdrive, que libera pot√™ncia extra para que os pilotos consigam dar o salto mais longo na corrida ‚Äď o que vale pontos extras no final de cada etapa. ¬†

Cassio: e se a nossa parceria com a Conti vai proporcionar uma cobertura animal em plena floresta Amaz√īnica, √© claro que a gente n√£o poderia deixar de falar dos pneus especiais do Odyssey que tem nada mais nada menos do que 94 cent√≠metros de altura!

Gerson: feitos para aguentar desde calor e secura do deserto at√© o frio do √°rtico e umidade das florestas e litorais, os pneus do extreme e tem desenho pensado para todos os terrenos, como mostram os grandes blocos, o desenho do ombros e o tamanho dos sulcos. Aqui voc√™s podem ver tamb√©m os ‚Äúexpulsadores de pedras‚ÄĚ que evitam que algo fique preso e acabe furando o pneu. Ttudo o que voc√™ n√£o quer que aconte√ßa no meio do deserto.

Cassio: mas apesar de serem iguais por fora, o composto usado na fabricação dos pneus para as etapas de frio extremo é bem diferente do usado nas etapas de calor extremo. E pra finalizar: eles também contam com a Tecnologia Conti Connect, que envia para os pilotos e equipe dados de pressão e temperatura em tempo real.

Gerson: é isso. Esperamos que vocês tenham gostado de saber um pouco mais sobre o Extreme E.

Cassio: e fica ligado que aqui no acelerados vai rolar uma mesa redonda logo após cada uma das cinco etapas, discutindo tudo o que rolou no fim de semana. Falou e até mais!

Você sabia que somos parceiro fundador da Extreme E?

Veja todas as nossas histórias sobre o Extreme E, uma competição que define novos patamares de desempenho e segurança para a mobilidade elétrica.