Pneus de tecnologia Alemã

Extreme E  - Rali Continental

Confira os melhores momentos 2ª Etapa Extreme.E

Veja os melhores momentos da segunda etapa do Extreme E no Senegal!🏁 Alta velocidade, praia e muitas rajadas de vento com areia fina. Um lugar icônico próximo a capital do Senegal: Dakar

Um traçado técnico, que exige muito da tração às quatro rodas e do pilotos.

Não conseguiu acompanhar a corrida? Não tem problema, confira abaixo os melhores momentos do rally elétrico com o Acelerados 👇:

Iniciar
Melhores momentos 2ª Etapa Extreme.E ( imagem dos veículos competindo)
 

#ExtremeE | Acelerados | Episódio 2 etapa

Bate papo Acelerados

Cassio: Saaalve Acelerados, no último final de semana rolou a segunda etapa do Extreme-E, o campeonato de rali elétrico, que estreou no começo do ano que a nossa parceira Continental como patrocinadora fundadora. Como você já sabe toda semana após etapa rola aqui uma, uma mesa redonda sem mesa né essa mesa, aqui no Acelerados debatendo tudo o que aconteceu por lá. Não é mesmo Gerson Campos? Aqui também, Cacá Clauset nosso convidado e Rodrigo Bola Machado.

Gerson: É isso ai, teve "passadão" do Carlos, muita areia voando, teve toque...Essa foi a segunda etapa batizada de Ocean XPrix, rolou nas praias do Senegal. Mas antes de tudo eu apresento o Cacá Close, uma das lendas do rali brasileiro, bicampeão dos Sertões e que vai ajudar a gente aprofundar. E aqui do lado mal acabado Bola que você já conhece bem.

Cassio: Cacá ja disputou o Dakar e essa chegada no Senegal aí é justamente onde o rally Dakar chegou algumas vezes nessa

praia.

Bola: E o Cacáu aqui conversando com a gente antes, falou sobre "aquela curva, aí vira à direita e tal". Tipo eu chegando depois chegando no Rio de Janeiro. Outro patamar....

Cacá: É muito icônico esse lugar aí porque fica próximo da capital Dakar, capital do Senegal, fica 40 Km mais ou menos. Praticamente todos os anos o rally terminou lá e foi a maioria deles, começava em Paris terminava em Dakar. A única vez que eu participei em 2001, que teve esse roteiro e a gente chegou ali. Então você fica ali em um pedaço de praia, todo mundo ali e você larga também de quatro em quatro carros, cinco em cinco e você faz a praia inteira. A curva é a mesma, você vem pela praia e tem que sair à direita na duna.  

Cassio: Se você já tinha assistido a primeira etapa, vale lembrar que o formato da disputa mudou um pouquinho. No sábado os três primeiros vão para semi-final 1. O quarto, o quinto e o sexto no sábado vão para a semi-final 2. Os dois primeiros da primeira semi-final enfrentam os dois primeiros da segunda semi-final em uma corrida decisiva.

Bola: Uma coisa precisa ser dita, não existe nenhuma categoria no mundo, que seja tão bonito como correr no lugar desse né?

Gerson: Agora uma coisa que me chama atenção galera, é apesar ser na areia e com certeza o cara que tá atrás toma muita areia na cara, não é impossível de seguir, porque não é como o poeirão e isso aí muda bastante...

Cacá: Acho que houve uma grande mudança da primeira etapa, foi a questão da poeira. Na primeira quem fazia a primeira curva na frente, não precisava mais se preocupar com nada, porque você não conseguia fazer nenhum tipo de aproximação para uma ultrapassagem. Como no

GP de Mônaco, fez a primeira na frente e segura, não tem problema. Aqui não, a areia da praia é muito mais fina, venta muito mais na praia também e você toma jato de areia, mas imediatamente depois você já está vendo a traseira do carro.


QUER SABER MAIS E VER TUDO QUE ROLOU?👀 CONFIRA NO VÍDEO ACIMA!👆😉 

Você sabia que somos parceiro fundador da Extreme E?

Veja todas as nossas histórias sobre o Extreme E, uma competição que define novos patamares de desempenho e segurança para a mobilidade elétrica.