Pneus de tecnologia Alemã

Estradas com curvas sinuosas

Estradas sinuosas

Condução segura em estradas sinuosas

Nesta seção, temos dicas para você permanecer seguro em estradas sinuosas. Talvez você já esteja ciente desses princípios básicos, mas muitos motoristas ainda não e uma pequena atualização pode ser útil!

Não importa se você é novo na direção ou se já tem experiência ao volante, a regra é a mesma para todos em trânsito. Você deve evitar dirigir a uma velocidade excessiva em uma estrada cheia de curvas. Esse princípio é válido tanto para uma estrada longa e sinuosa, quanto para uma rotatória tranquila dentro do bairro na cidade.

Você frequentemente verá sinais de trânsito alertando sobre uma curva que se aproxima com um limite de velocidade recomendado, mas por que uma estrada sinuosa é tão potencialmente perigosa em uma situação de direção? Porque quando um veículo vira ao longo de uma curva, existem dois tipos distintos de movimento.

Primeiro há o momento do carro avançando. Segundo a inércia da carroceria do veículo entra em vigor, conforme segue a curva. As forças centrífugas tentarão empurrar o carro para fora e os pneus terão que trabalhar mais para resistir a essas forças enquanto navegam na estrada cheia de curvas. Se um motorista faz uma curva a uma velocidade muito alta, os pneus perdem a aderência gradualmente e começam a derrapar.

Dicas para dirigir em curvas

Dicas para dirigir em curvas

Além de dirigir devagar, há uma técnica útil para estradas com curvas sinuosas; tente girar o volante o mínimo possível sem cruzar a linha central

Observação: esta não é uma recomendação para cortar completamente o interior de uma curva em uma via pública; isso levaria você ao caminho do tráfego oposto e colocaria em risco outros motoristas.

Em vez disso, o conselho é que os motoristas façam uso sensato da largura da faixa, para que possam fazer a curva mais facilmente e melhorar sua visão ao seu redor. Girar a roda o mínimo possível é a chave.

Há três etapas para percorrer uma curva com segurança:

  • Ao se aproximar de uma curva, diminua a velocidade de maneira apropriada e posicione seu carro na lateral da pista que é oposta à direção da curva. Se a estrada for para a direita, por exemplo, vá para o lado esquerdo da sua pista.
  • Enquanto continua a conduzir pela curva, posicione o veículo suavemente em direção ao outro lado da faixa.
  • Ao se aproximar do final da curva, volte gradualmente à posição normal em sua pista e acelere em linha reta.

Essa técnica de direção segue a linha do arco mais amplo possível; reduz a severidade de uma curva e, portanto, exerce menos pressão sobre os pneus, reduzindo o risco de derrapagem e perda de controle. Além disso, os motoristas têm uma visão mais clara da estrada à frente e mais tempo para reagir a qualquer perigo.

E é nesse ponto que você deve ficar ainda mais alerta para outros motoristas e tráfego durante uma curva. Se outros veículos estiverem muito perto do centro da estrada enquanto você estiver fazendo a curva, isso poderá colocar você em risco de colisão frontal.

Dicas para retomar o controle em caso de derrapagem

Se o veículo começar a derrapar na curva, o motorista não deve reagir com pânico quando descobrir que os freios, acelerador e volante não estão funcionando normalmente.

Em vez disso, deve tirar os pés do freio e do acelerador. As duas mãos devem permanecer no volante, mas não deve fazer movimentos bruscos.

O importante é evitar manobras excessivas e pisar no freio com muita força. Depois que o veículo tiver tido tempo para desacelerar, recupere o controle com segurança; aplique suavemente o freio e comece a dirigir novamente.

Conhecendo os pneus

Conhecendo os pneus

Aprenda sobre pneus e suas tecnologias

Acesse aqui

Cuidados e manutenções

Cuidados e manutenções com pneu

Como cuidar bem dos pneus

Acesse aqui

Situações de condução

Situações de condução

Situações de condução perigosas e como lidar com elas

Acesse aqui

Encontre o pneu ideal com a tecnologia mais avançada

Compartilhe